Brazilian Journal of African Studies

Brazilian Journal of African Studies

Basic info

  • Publisher: Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)
  • Country of publisher: brazil
  • Date added to EuroPub: 2019/Apr/10

Subject and more

  • LCC Subject Category: Social Sciences
  • Publisher's keywords: African Studies, International Relations, Organizations and Integration, Security and Defense, Political Systems, History, Geography, Economic Development, Social Structures
  • Language of fulltext: portuguese, english
  • Full-text formats available: PDF

Publication charges

  • Article Processing Charges (APCs): No
  • Submission charges: No
  • Waiver policy for charges? No

Editorial information

Open access & licensing

  • Type of License: CC BY
  • License terms
  • Open Access Statement: Yes
  • Year open access content began: 2016
  • Does the author retain unrestricted copyright? True
  • Does the author retain publishing rights? True

Best practice polices

  • Permanent article identifier: DOI
  • Content digitally archived in: LOCKSS
  • Deposit policy registered in: None

This journal has '70' articles

“CONHEÇA O NOVO CHEFE – IGUAL AO ANTIGO CHEFE”: A TRANSIÇÃO DA ÁFRICA DO SUL PELO EMBURGUESAMENTO

“CONHEÇA O NOVO CHEFE – IGUAL AO ANTIGO CHEFE”: A TRANSIÇÃO DA ÁFRICA DO SUL PELO EMBURGUESAMENTO

Authors: Ian Taylor
( 0 downloads)
Abstract

Este artigo se propõe a analisar o processo de emburguesamento (embourgeiosement) existente na África do Sul pós-apartheid. Compreendendo embourgeiosement como um processo que postula a migração de pessoas para as fileiras da burguesia, argumenta-se que os eventos iniciais da década de 1990 que marcaram o fim do regime do regime do apartheid também podem ser interpretados como um conglomerado de forças sociais e político-econômicas que estimularam as elites do CNA a não se voltarem a reestruturação da política econômica da África do Sul. Feito isso, conclui-se que não há uma clara tendência da política sul-africana pós-1994 em se pautar na equidade social.

Keywords: África do Sul; Congresso Nacional Africano; Emburguesamento; Política econômica sul-africana
A INSURGÊNCIA SÉLÉKA E A INSEGURANÇA NA REPÚBLICA CENTRO-AFRICANA ENTRE 2012 E 2014

A INSURGÊNCIA SÉLÉKA E A INSEGURANÇA NA REPÚBLICA CENTRO-AFRICANA ENTRE 2012 E 2014

Authors: Henry Kam Kah
( 0 downloads)
Abstract

O estudo centra-se nas raízes históricas da insurgência Séléka na República Centro Africana (RCA), de dezembro de 2012 a março de 2013, período que culminou com a derrubada de Francois Bozizé, a tomada do poder pela união (ou coalizão) Séléka, liderada pelo líder Michel Am Nondroko Djotodia e, posteriormente, por Catherine Samba-Panza. As raízes dessa insurgência e instabilidade são traçadas desde a administração francesa na África Equatorial. O estudo analisa especificamente a dinâmica interna que contribuiu para essa insurgência, bem como as consequências para a paz e a estabilidade do país. Os dados utilizados para a análise neste estudo são, basicamente, secundários e terciários em natureza. Temos reinterpretado e analisado esses dados no contexto da insurgência contínua, a instabilidade e desintegração que isso trouxe para a RCA e a África Central em geral. O estudo conclui que a insurgência Séléka que levou à mudança de liderança em março de 2013 e janeiro 2014 na RCA é o resultado de uma complexa interação de fatores que têm persistido e que são susceptíveis a continuar a fazer a RCA ser um Failed State, com repercussões sobre seu povo e nos países vizinhos.

Keywords: Insurgência Séléka; República Centro Africana (RCA); Segurança
BOKO HARAM COMO AGENTE PROVOCADOR DE DESESTABILIZAÇÃO E DESTRUIÇÃO NA NIGÉRIA: A VERIFICAÇÃO DA MÍDIA

BOKO HARAM COMO AGENTE PROVOCADOR DE DESESTABILIZAÇÃO E DESTRUIÇÃO NA NIGÉRIA: A VERIFICAÇÃO DA MÍDIA

Authors: Osakue Stevenson Omoera, Clement A. Ogah
( 0 downloads)
Abstract

O artigo que se inicia tem como objetivo examinar a atuação do Boko Haram (ou de seus subconjuntos/subgrupos). Pautado na análise de notícias capturaladas aleatoriamente dos meios de comunicação da Nigéria, busca-se oferecer sugestões sobre como os meios de comunicação e outros agentes de desenvolvimento podem ajudar a por um fim nos ataques desenvolvidos por este grupo. Feito isso, esperasse demonstrar que a mídia, em conjunto com outros agentes de desenvolvimento nigeriano, pode ser usada para verificar as atividades criminosas de insurgentes do Boko Haram na Nigéria, bem para estudar o modus vivendi e modus operanti deste grupo.

Keywords: Boko Haram; Mídia; Nigéria; Ataques
EL GOLFO DE GUINEA: ¿FUTURO GOLFO PÉRSICO AFRICANO?

EL GOLFO DE GUINEA: ¿FUTURO GOLFO PÉRSICO AFRICANO?

Authors: Yoslán Silverio González
( 0 downloads)
Abstract

Las diferentes regiones africanas no han dejado de estar en el epicentro de los rejuegos y de las influencias de las potencias capitalistas, sobre todo de las ex metrópolis europeas como Francia y de Estados Unidos, debido a que cada una de ellas resulta tener una significativa importancia en el contexto de las relaciones internacionales, ya sea por su posición geográfica como por sus recursos naturales. En las últimas décadas, garantizar los suministros energéticos se ha convertido en un asunto de seguridad nacional para todos los países, principalmente para aquellos con un alto nivel de consumo y desarrollo industrial. Este artículo estudia cómo las regiones productoras de petróleo en África Subsahariana desempeñan un rol estratégico en este contexto, pero teniendo en vista que el continente africano ha sido siempre objeto de la codicia por parte de los países capitalistas desarrollados.

Keywords: Golfo de Guinea; Petróleo en África Subsahariana; Securitización; Potencias occidentales
REVOLUÇÕES E RELAÇÕES INTERNACIONAIS: O CASO AFRICANO

REVOLUÇÕES E RELAÇÕES INTERNACIONAIS: O CASO AFRICANO

Authors: Paulo Fagundes Visentini
( 0 downloads)
Abstract

Análise do impacto das Revoluções nas Relações Internacionais e no Sistema Mundial como elementos constitutivos e renovadores. Critica a posição das teorias que consideram um fenômeno interno que causa uma perturbação sistêmica, enfocando o caso das Revoluções Africanas da década de 1970. Explora a dimensão internacional das mesmas, considerando seu impacto no tocante ao fim da Guerra Fria, mesmo tendo ocorrido na periferia do sistema mundo.

Keywords: Revoluções e Relações Internacionais; Revoluções Africanas; Angola, Moçambique, Etiópia
O FIM DO ÚLTIMO GRANDE IMPÉRIO COLONIAL: LEMBRANÇAS DE UMA REPORTAGEM HISTÓRICA

O FIM DO ÚLTIMO GRANDE IMPÉRIO COLONIAL: LEMBRANÇAS DE UMA REPORTAGEM HISTÓRICA

Authors: Beatriz Bissio
( 0 downloads)
Abstract

Em 2015 completaram-se 40 anos do fim do último grande império colonial, que fora iniciado no século XV quando os navegantes portugueses dominavam os mares. Um império derrotado no século XX em território angolano, num dos últimos e mais dolorosos episódios do processo de emancipação do continente africano. A América Latina esteve presente nesse processo através de dois protagonistas com papeis diferentes, porém igualmente determinantes: um no plano diplomático e o outro no terreno militar, Brasil e Cuba. A data suscita uma reflexão sobre o custo em vidas humanas e em sacrifícios que alicerçou o caminho para a Angola do século XXI. Esta matéria reflete as lembranças de uma cobertura jornalística desse momento histórico.

Keywords: Angola; MPLA; Cadernos do Terceiro Mundo
RELAÇÕES BRASIL-PALOP: 40 ANOS DE COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO NO ATLÂNTICO SUL (1974/75-2015)

RELAÇÕES BRASIL-PALOP: 40 ANOS DE COOPERAÇÃO PARA O DESENVOLVIMENTO NO ATLÂNTICO SUL (1974/75-2015)

Authors: Kamilla Raquel Rizzi
( 0 downloads)
Abstract

A comemoração dos 40 anos das independências dos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) é basilar para compreender-se a evolução histórico-social, econômica e de inserção no sistema mundial dessas ex-colônias portuguesas na África. As experiências socialistas nas décadas de 1970 e 1980, os condicionantes externos, a reforma econômica e a evolução para o multipartidarismo na década de 1990 e a tentativa de estabilização e desenvolvimento na década 2000 demonstram um panorama de acertos e erros na construção dos cinco jovens países. Este artigo analisa historicamente o trajeto político, econômico, social e diplomático percorrido pelos cinco PALOP, partindo da argumentação de que esses países (embora se mantendo na órbita da ex-metrópole, especialmente após a década de 1980), se aproximaram estrategicamente do Brasil como premissas políticas e culturais básicas para sua sobrevivência no sistema mundial.

Keywords: Brasil; PALOP; Cooperação
PRÁTICAS SOCIAIS E POLÍTICAS DAS ONGS EM ANGOLA. METODOLOGIAS E RELAÇÕES DE PODER. O CASO DA ADRA E DA VISÃO MUNDIAL

PRÁTICAS SOCIAIS E POLÍTICAS DAS ONGS EM ANGOLA. METODOLOGIAS E RELAÇÕES DE PODER. O CASO DA ADRA E DA VISÃO MUNDIAL

Authors: Joaquim Assis
( 0 downloads)
Abstract

O artigo que se inicia tem como principal objetivo analisar as práticas sociais e políticas das Organizações Não-Governamentais (ONGs) que atuam em Angola. Partindo da contribuição de diferentes autores e tendo como perspectiva teórica a análise processualista, busca-se responder quatro questionamentos acerca destas práticas, a saber: quais são as práticas políticas e sociais das ONGs em Angola? De que maneira ocorrem as relações de poder nos espaços de intervenção? Como são percebidas as questões ligadas à participação popular? E qual tem sido a contribuição das ciências sociais em relação às dinâmicas rurais do país? Feito isso, espera-se concluir que, em maior ou menor grau, os interesses dos mediadores ligados aos processos de desenvolvimento rural, muitas vezes parecem sobrepor-se aos reais desafios do desenvolvimento, e a dominação do “outro” parece estar no cerne de muitos processos de legitimação.

Keywords: Desenvolvimento; Mediação; Legitimidade; Intervenção social
POLÍTICA EXTERNA REGIONAL DA NAMÍBIA: A AGÊNCIA DE UMA POTÊNCIA SECUNDÁRIA

POLÍTICA EXTERNA REGIONAL DA NAMÍBIA: A AGÊNCIA DE UMA POTÊNCIA SECUNDÁRIA

Authors: Igor Castellano da Silva
( 0 downloads)
Abstract

O artigo aborda a política externa da Namíbia para a África Austral com foco no período 1990-2010 e avalia a sua posição frente à ordem do sistema regional e as explicações para esse comportamento, vinculadas ao processo de construção do Estado e aos interesses e à segurança das elites definidoras de política externa.

Keywords: Namíbia; Política Externa; África Austral
A INTEGRAÇÃO SECURITÁRIA NA ÁFRICA AUSTRAL: A SADC E O OPDS

A INTEGRAÇÃO SECURITÁRIA NA ÁFRICA AUSTRAL: A SADC E O OPDS

Authors: Nathaly Xavier Schutz
( 0 downloads)
Abstract

Os problemas de segurança do Continente Africano são, em sua grande maioria, originários dos processos de colonização e descolonização ocorridos ao longo dos séculos XIX e XX. Na África Austral, em específico, o regime do apartheid da África do Sul marcou de maneira bastante expressiva a construção de uma identidade comum e a aproximação entre os demais países da região em torno dos temas de segurança. O objetivo desse trabalho é avaliar a evolução da SADC ao longo dos anos 90 e 2000 no tocante aos aspectos securitários, visando analisar em que medida a organização contribuiu ou não para a resolução dos problemas políticos e de segurança da região, em especial nos momentos de crise. A análise será concentrada na criação e nas modificações do Órgão para a Cooperação em Política, Defesa e Segurança (OPDS) da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC). A hipótese central do trabalho é de que a SADC, e o OPDS em específico, constituem a principal esfera de tratamento das questões securitárias da África Austral e, ao longo dos anos, contribuiu para evolução da resolução desses problemas. O trabalho irá utilizar a revisão bibliográfica e documental, adotando uma abordagem histórica, visando uma comparação temporal do caso em questão.

Keywords: África; África Austral; Integração; OPDS; SADC
A INTEGRAÇÃO REGIONAL NA ÁFRICA OCIDENTAL (1960-2015): BALANÇO E PERSPECTIVAS

A INTEGRAÇÃO REGIONAL NA ÁFRICA OCIDENTAL (1960-2015): BALANÇO E PERSPECTIVAS

Authors: Mamadou Alpha Diallo
( 0 downloads)
Abstract

O presente artigo procura através de uma análise histórica dos processos de integração regional oeste africana, reafirmar o pioneirismo da região em termos de integração socioeconômica, política e cultural, mas também destacar a persistências das dificuldades e desafios da consolidação da unidade política na região principalmente depois da internalização das fronteiras coloniais. Fixou-se como objetivo entender porque, apesar dos enormes esforços e as diversas tentativas, o sonho pan-africanista de autonomia, união e desenvolvimento está ainda a quem do esperado? Parte-se da hipótese de que, as dificuldades são de natureza histórica (herança colonial) e estrutural ligada a difícil relação entre os processos internos de construção do Estado e a inserção do mesmo no Sistema Internacional dominado pelo imperialismo capitalista dos países coloniais e neocoloniais. Ou seja, a baixa velocidade em que andam os processos de integração econômica, politica, sociocultural e principalmente a ausência de autonomia esta estreitamente atrelado aos processos de independência inacabada devido a fatores endógenos e exógenos.

Keywords: Integração regional; África Ocidental; CEDEAO
RESENHA DA OBRA “A RELAÇÃO BRASIL-ÁFRICA: PRESTÍGIO, COOPERAÇÃO OU NEGÓCIOS?” DE PAULO VISENTINI

RESENHA DA OBRA “A RELAÇÃO BRASIL-ÁFRICA: PRESTÍGIO, COOPERAÇÃO OU NEGÓCIOS?” DE PAULO VISENTINI

Authors: Nathaly Xavier Schutz
( 0 downloads)
Abstract

The international projection of Brazil in the last decade and a half caught the attention of the great powers and this includes more intensity and quality in Brazil’s relations with Africa. Even in the academy, studies about those ties between the Global South are, in many cases, laden with distorted, biased and shallow visions. In this sense, both Brazil and the African countries lack deeper and less speculative analysis of the roles that they play in international relations. Visentini’s book overpasses this superficiality, bringing up highly relevant questions and developing a pertinent historical analysis. The book has six chapters that cover a period since the relationship existed within the colonial logic up until the strategic resizing of the XXI century. The first chapters are dedicated to the historical analysis. By using major milestones of world history, of the African history and of the Brazilian foreign policy, the author traces objectively the path taken by the country and the continent for building their relations. The periods of distancing and rapprochement become evident and the conjectural reasons are presented, which allows the understanding of the multiple analytical levels: national, regional and global.

Keywords: RESENHA, A RELAÇÃO BRASIL-ÁFRICA: PRESTÍGIO, COOPERAÇÃO
ÁFRICA DO SUL: CENÁRIO POLÍTICO ATUAL

ÁFRICA DO SUL: CENÁRIO POLÍTICO ATUAL

Authors: Vladimir Shubin
( 0 downloads)
Abstract

Atualmente, a África do Sul enfrenta diversos dilemas políticos que influenciam toda a organização social do país. Dessa forma, a historicidade dos processos políticos que permeiam a sociedade sul-africana atualmente, os jogos de poder das elites do país, bem como as influências externas que agem internamente por meio dos partidos políticos da África do Sul, e a presença dessa importante nação africana dentro do âmbito dos BRICS são elementos essenciais para a compreensão do contexto da política sul-africana. Através de experiências vivenciadas in loco, se buscou nesse artigo uma análise minuciosa e abrangente acerca de tal conjuntura, apontando os agentes políticos que interferem ativamente nesse jogo e construindo possíveis cenários para o desenrolar dos eventos.

Keywords: África do Sul; processo político; ANC; Jacob Zuma.
ÁFRICA DO SUL E A ARQUITETURA DE PAZ E SEGURANÇA DA UNIÃO AFRICANA: VELHAS RESPONSABILIDADES E NOVOS DESAFIOS

ÁFRICA DO SUL E A ARQUITETURA DE PAZ E SEGURANÇA DA UNIÃO AFRICANA: VELHAS RESPONSABILIDADES E NOVOS DESAFIOS

Authors: John Akokpari
( 0 downloads)
Abstract

A União Africana estabeleceu uma Arquitetura de Paz e Segurança para prevenção e resolução de conflitos que permaneceram de forma endêmica no continente. A iniciativa também serve para distinguir a UA de sua antecessora, a Organização de Unidade Africana, que teve um terrível histórico na resolução de conflitos. No entanto, além dos antigos desafios de restrições financeiras e conflitos perenes, a APS enfrenta um novo desafio na forma de posturas contraditórias da África do Sul sobre questões críticas de segurança. Juntos, esses desafios viciam a capacidade da UA de conter conflitos rapidamente. Também, posições contraditórias da África do Sul sobre certas questões de segurança minaram a unidade dos membros da UA. Este último foi demonstrado na falta inicial de consenso na eleição do Presidente da Comissão da UA.

Keywords: OUA; UA; paz e segurança; conflitos; governança; África do Sul.
ESTUDOS AFRICANOS NA CHINA NO SÉCULO XXI: UM LEVANTAMENTO HISTORIOGRÁFICO

ESTUDOS AFRICANOS NA CHINA NO SÉCULO XXI: UM LEVANTAMENTO HISTORIOGRÁFICO

Authors: Li Anshan
( 0 downloads)
Abstract

Com o rápido desenvolvimento das relações China-África, africanistas fora da China têm mostrado grande interesse no engajamento acadêmico China-África. Um dos aspectos importantes é o que tem sido feito na China em relação aos estudos africanos. Apesar do comércio da China com a África tenha aumentado de 10,5 bilhões de dólares em 2000 para 220 bilhões em 2014, os estudos africanos na China não tiveram tanta sorte quanto o comércio. Entretanto, o desenvolvimento dramático dessa relação tem dado novas oportunidades e desafios aos africanistas chineses. Este artigo vai elucidar o que os africanistas chineses têm estudado no período de 2000-2015. Por quais temas eles têm se interessado? Quais são as conquistas e fraquezas? O artigo foi dividido em quatro partes: foco e novos interesses, conquistas, novos acadêmicos, referências e considerações.

Keywords: China-África; Estudos Africanos; africanistas chineses.

About Europub

EuroPub is a comprehensive, multipurpose database covering scholarly literature, with indexed records from active, authoritative journals, and indexes articles from journals all over the world. The result is an exhaustive database that assists research in every field. Easy access to a vast database at one place, reduces searching and data reviewing time considerably and helps authors in preparing new articles to a great extent. EuroPub aims at increasing the visibility of open access scholarly journals, thereby promoting their increased usage and impact.